Fonte da imagem: Data: 09/03/2019

Há uns dias falámos de alguns processos ondulatório no fluxo atmosférico.

Temos um tipo muito comum de ondas associadas ás ilhas da Madeira e Canárias, que se formam quando os ventos húmidos de nordeste, predominantes na região, encontram o terreno montanhoso das ilhas.

Os ventos húmidos estão limitados a uma camada relativamente pouco profunda, já que em altitude predominam massas de ar secas, mais quentes , vindas de África.

Como o ar não consegue simplesmente subir por cima das ilhas, o fluxo acaba distorcido, um pouco como a água a correr num rio em volta de pedras.

Esta distorção do fluxo gera ondas e vortices conhecidos como vortices de von Kármán.