• Principal
  • Notícia
  • Mais americanos dizem que os EUA não conseguiram atingir seus objetivos no Iraque

Mais americanos dizem que os EUA não conseguiram atingir seus objetivos no Iraque

Enquanto militantes sunitas fazem uma grande investida militar contra o governo central no Iraque, o governo Obama teria rejeitado os pedidos do primeiro-ministro Nuri al-Maliki para realizar ataques aéreos em bases extremistas. Essa relutância relatada segue-se a anos de intervenção militar dos EUA no Iraque, que muitos americanos dizem que foi equivocada e falhou em atingir seus objetivos.


Guerra do Iraque na opinião pública dos EUACerca de metade (52%) dos americanos disseram que os EUA não conseguiram atingir seus objetivos no Iraque, em comparação com 37% que disseram ter conseguido, de acordo com uma pesquisa do Pew Research Center realizada em janeiro. Isso representou um declínio de 19 pontos no sucesso percebido desde 2011. E, aproximadamente na mesma margem (50% a 38%), o público disse que os EUA tomaram a decisão errada ao usar força militar no Iraque.

Isso representou uma mudança na opinião pública desde os primeiros anos da guerra do Iraque. Em agosto de 2006, cerca de três anos após o início do conflito, os americanos acreditavam por 54% a 40% que os EUAseriater sucesso em alcançar seus objetivos. Durante aquele mesmo mês, os americanos estavam quase igualmente divididos sobre se travar a guerra era a decisão certa.

Quando os Estados Unidos foram à guerra no Iraque em março de 2003 com a premissa de que Saddam Hussein estava tentando acumular armas químicas, biológicas e nucleares, as pesquisas mostraram que cerca de sete em cada dez americanos apoiavam a decisão como certa. Mas a queda de Hussein deu lugar a uma opressiva guerra civil sectária, e o sentimento americano mudou quando as forças dos EUA foram atraídas a um alto custo, com 4.486 militares perdendo suas vidas. A parcela de americanos que acreditavam que o envolvimento militar dos EUA no Iraque foi a decisão certa caiu continuamente ao longo dos anos e flutuou principalmente abaixo da marca de 50% de fevereiro de 2006 até o presente.

Existem poucas diferenças partidárias sobre o tema do sucesso no Iraque. Cerca de quatro em cada dez democratas, republicanos e independentes disseram em janeiro deste ano que os EUA tiveram sucesso em alcançar seus objetivos no Iraque. Isso foi uma grande queda para os republicanos, 68% dos quais disseram em novembro de 2011 que os esforços dos EUA tiveram sucesso.