Mais neve, menos gelo e mais calor….afinal o que é que se passa? Aquecimento global?! como é possível?

O clima por vezes é confuso, com imensos factores que modelam e influenciam, que interagem e que fazem com que ás vezes sejam difícil perceber o que é que se passa.

No estudo do clima, a partir da análise de registos fósseis, muitas vezes surgiram dados contraditórios que demoraram décadas até se perceber a intrincada teia de processos que causam as mudanças no clima.

Nos últimos anos temos observado um desses períodos em que parece que nada faz sentido.

– Os gelos oceânicos estão a derreter, e com especial foco no Ártico.

– As temperaturas têm subido.

– Mas…. tem nevado mais!

Bom, os motivos para isto são na verdade simples.

A temperatura ao subir permite que as massas de ar consigam reter mais vapor de água, e o degelo dos oceanos polares ajuda a expor as massas de ar geladas ao oceano do qual extraem calor e humidade… resultando em ar ainda bastante frio mas cheio de vapor de água.

Nos pólos os Invernos são muito frios, portanto subidas de temperaturas de mais de 10ºC acabam por, na prática, terem pouco significado em termos da precipitação sob forma de neve…. ou seja, vai nevar na mesma caso estejam -30ºC ou -20ºC.

Ora, com mais humidade na atmosfera e com temperaturas que apesar de tudo continuam abaixo de 0ºC, acaba por nevar mais!

Isto é algo que temos observado, mais neve tem caído em áreas continentais do hemisfério norte e até em algumas cadeias montanhosas… até temos tido avanços em alguns glaciares nas altas montanhas!

Só que… em contrapartida, nas regiões a mais baixa altitude e a mais baixa latitude, onde as subidas de temperatura observadas são suficientes para ultrapassarmos a barreira dos 0ºC, o oposto está a acontecer, com degelo rápido e muito menos neve, resultando em mudanças drásticas nos ecossistemas. Na verdade o gelo que perdemos tem sido maior do que o que se tem ganho com a maior queda de neve.

Com o aquecimento global esperamos que, nos locais onde faz frio, continue a nevar cada vez mais até que… deixe de fazer frio !

É raro nas ciências naturais observarmos fenómenos que se comportem de forma linear, muito menos na ciência do clima, dado que há centenas de factores que competem ao mesmo tempo como agentes que causam mudanças no estado da atmosfera.

Veja aqui outras previsões, análises e/ou notícias.

Equipa Bestweather

Esta página, requer INVESTIMENTO da nossa parte, tanto quanto em material adequado, quer em pessoal qualificado, como também em disponibilidade.

Estamos a trabalhar no desenvolvimento de cartas meteorológicas, algoritmos de previsão em alta resolução, assim como em diferentes APPs para dispositivos móveis!
O nosso grande objetivo é melhorar a qualidade das previsões disponiveis para Portugal e para a Europa!

Se no seu dia-a-dia ou nas suas atividades profissionais precisar de mais do que um simples olhar sobre a meteorologia, não hesite e contacte-nos! Teremos todo o gosto em trabalhar consigo!

Ajude-nos a chegar a mais gente e partilhe as nossas publicações.

Agradecemos, dessa forma, todos os donativos que nos chegarem.

1€ quem puder, faz toda a diferença!

Podem contribuir, por transferência bancária, para a conta com o número (PT50) 0010 0000 5531 7500 0015 8. Semelhantemente, é possível contribuir por MBWay, bastando para isso contactar-nos por mensagem privada e por conseguinte enviaremos o número.

Não se esqueçam de seguir os nossos posts, em versão mais simples, quer no INSTAGRAM, quer no TWITTER!

https://twitter.com/bestweather_pt
https://www.instagram.com/bestweatherpt/

Por fim, caso apreciem o trabalho que desenvolvemos no dia-a-dia, convidem os vossos amigos a conhecer o nosso projeto, PARTILHEM!
Seja como for, cá estaremos para atualizar as previsões, TODOS OS DIAS.

Muito obrigado a todos os que têm contribuído, quer com donativos, quer com partilhas e/ou apoio.