::::: Furacão LORENZO ::::

**SITUAÇÃO DE RISCO EXTREMO**

O Furacão Lorenzo é neste momento um ciclone de categoria 1 posicionado a sudoeste de Cabo verde.

As previsões apontam para que o furacão se desloque em direcção ao Atlântico central, curvando em seguida para norte em direcção aos Açores. Durante este processo o ciclone vai intensificar até cat3 ou superior.

Como já tínhamos vindo a adiantar, esperamos que os Açores sejam afectados pelo furacão entre dias 2 e 4 de Outubro.

Já a partir deste fim de semana, nomeadamente de Domingo dia 29, esperamos que os Açores comecem a ser influenciados por massas de ar tropical, associadas aos restos da tempestade tropical Jerry e a uma perturbação centrada sobre o Atlântico central.

Este conjunto de perturbações deverá causar um agravamento das condições meteorológicas já a partir dos últimos dias de Setembro, com ocorrência de precipitação, por vezes acompanhada de trovoada.

O Lorenzo deverá interagir com este sistema localizado a sudoeste dos Açores, o que resultará numa gradual rotação do furacão para norte em direcção aos Açores. Não é possível saber exactamente como é que esta interacção entre o Lorenzo e as perturbações vai resultar em termos de condições de intensificação do Lorenzo e trajectória exacta, mas sabemos que a probabilidade do furacão passar sobre ou num raio de grande proximidade aos Açores é muito elevada.

Também estimamos que o furacão possa chegar ao território insular com intensidade compreendida entre categoria 1 e 3.

É de referir que o ciclone, ao chegar aos Açores, vai interagir com uma perturbação, desta vez polar, associada a uma baixa pressão não-tropical que se vai aproximar vinda do Canadá.

Alguns modelos simulam que o Lorenzo irá interagir de forma construtiva com esta perturbação, resultando num processo explosivo de transição extratropical, com re-intensificação do ciclone á medida que se transforma de um ciclone tropical para um não tropical.

Com este processo de transição para um ciclone não tropical teremos uma expansão do campo de ventos e, portanto, é praticamente garantido que o Arquipélago seja afetado na sua totalidade por condições bastante adversas.

Os principais riscos serão:
– Ventos destrutivos.
– Precipitação abundante e excessiva.
– Ondulação extremamente significativa.

No continente esperamos condições de bom tempo, mas teremos um aumento significativo da ondulação na costa ocidental, resultante da passagem do ciclone nos Açores.

 

Veja aqui outras previsões, análises e/ou notícias.

Equipa Bestweather

Esta página, requer INVESTIMENTO da nossa parte, tanto quanto em material adequado, quer em pessoal qualificado, como também em disponibilidade.

Estamos a trabalhar no desenvolvimento de cartas meteorológicas, algoritmos de previsão em alta resolução, assim como em diferentes APPs para dispositivos móveis!
O nosso grande objetivo é melhorar a qualidade das previsões disponiveis para Portugal e para a Europa!

Se no seu dia-a-dia ou nas suas atividades profissionais precisar de mais do que um simples olhar sobre a meteorologia, não hesite e contacte-nos! Teremos todo o gosto em trabalhar consigo!

Ajude-nos a chegar a mais gente e partilhe as nossas publicações.

Agradecemos, dessa forma, todos os donativos que nos chegarem.

1€ quem puder, faz toda a diferença!

Podem contribuir, por transferência bancária, para a conta com o número (PT50) 0010 0000 5531 7500 0015 8. Semelhantemente, é possível contribuir por MBWay, bastando para isso contactar-nos por mensagem privada e por conseguinte enviaremos o número.

Não se esqueçam de seguir os nossos posts, em versão mais simples, quer no INSTAGRAM, quer no TWITTER!

https://twitter.com/bestweather_pt
https://www.instagram.com/bestweatherpt/

Por fim, caso apreciem o trabalho que desenvolvemos no dia-a-dia, convidem os vossos amigos a conhecer o nosso projeto, PARTILHEM!
Seja como for, cá estaremos para atualizar as previsões, TODOS OS DIAS.

Muito obrigado a todos os que têm contribuído, quer com donativos, quer com partilhas e/ou apoio.