::::: Furacão LORENZO a caminho dos Açores ::::

-> 6ª actualização.

**SITUAÇÃO DE RISCO EXTREMO**

O Furacão Lorenzo é neste momento um ciclone de categoria 2 posicionado a 1570km a sudoeste de Santa Cruz das Flores.

O ciclone enfraqueceu um pouco ontem.
Neste momento o Furacão está a  interagir com uma área de ar seco associado a uma ondulação em altitude, esta ondulação está também a impor um regime de ventos menos favorável sobre o ciclone.

Durante as próximas 48h o sistema deverá  recuperar ou manter a sua intensidade dado que as condições atmosféricas vão melhorar um pouco.

As previsões apontam para que o furacão lorenzo mantenha uma deslocação para nordeste, em direcção aos Açores, onde chegará dia 2.

As condições apontam para que o ciclone se mantenha particularmente violento.

O ciclone deverá manter-se sobre aguas relativamente quentes, embebido numa massa de ar tropical instável.
Teremos algum shear e ar mais seco a tentar envolver-se na porção sudoeste da circulação, mas os modelos não mostram envolvimento deste shear e ar seco até ao núcleo central do ciclone.

Esperamos que, antes de chegar aos Açores, o ciclone seja favorecido por uma  forte interacção construtiva com uma ondulação do jato polar associada a uma perturbação vinda do Canadá.

Esta interacção construtiva e união com a perturbação polar vinda do Canadá significa que o sistema vai passar por um processo de transição extratropical que vai resultar na manutenção da sua intensidade, com a agravante expansão do seu campo de ventos e raio de acção.

Esperamos que Açores sejam afectados pelo furacão lorenzo entre o fim do dia 1 e a noite do dia 2 de Outubro, com intensidade em torno a cat 2.

A generalidade dos modelos coloca o ciclone a passar junto ou mesmo em cima  do grupo ocidental.

Alem do vento e chuva, a ondulação gerada por este furacão será catastrófica, e é possível que esteja a ser subestimada pelos modelos de previsão.

 

Os principais riscos serão:

– Vento destrutivo, rajadas próximas  a 200km/h. ( GRUPO OCIDENTAL E CENTRAL )

– Vento forte, rajadas em torno a 100km/h. ( GRUPO ORIENTAL )

– Precipitação excessiva e persistente. ( GRUPO OCIDENTAL E ÁREAS MAIS MONTANHOSAS DOS RESTANTES GRUPOS )

– Ondulação extremamente significativa. Ondas máximas superiores a 15m.

– Maré de tempestade conjugada com ciclo de marés vivas. Risco extremo de erosão costeira.

No continente e Madeira esperamos condições de bom tempo, mas teremos um aumento significativo da ondulação na costa ocidental, resultante da passagem do ciclone nos Açores.

 

Veja aqui outras previsões, análises e/ou notícias.

Equipa Bestweather

Esta página, requer INVESTIMENTO da nossa parte, tanto quanto em material adequado, quer em pessoal qualificado, como também em disponibilidade.

Estamos a trabalhar no desenvolvimento de cartas meteorológicas, algoritmos de previsão em alta resolução, assim como em diferentes APPs para dispositivos móveis!
O nosso grande objetivo é melhorar a qualidade das previsões disponiveis para Portugal e para a Europa!

Se no seu dia-a-dia ou nas suas atividades profissionais precisar de mais do que um simples olhar sobre a meteorologia, não hesite e contacte-nos! Teremos todo o gosto em trabalhar consigo!

Ajude-nos a chegar a mais gente e partilhe as nossas publicações.

Agradecemos, dessa forma, todos os donativos que nos chegarem.

1€ quem puder, faz toda a diferença!

Podem contribuir, por transferência bancária, para a conta com o número (PT50) 0010 0000 5531 7500 0015 8. Semelhantemente, é possível contribuir por MBWay, bastando para isso contactar-nos por mensagem privada e por conseguinte enviaremos o número.

Não se esqueçam de seguir os nossos posts, em versão mais simples, quer no INSTAGRAM, quer no TWITTER!

https://twitter.com/bestweather_pt
https://www.instagram.com/bestweatherpt/

Por fim, caso apreciem o trabalho que desenvolvemos no dia-a-dia, convidem os vossos amigos a conhecer o nosso projeto, PARTILHEM!
Seja como for, cá estaremos para atualizar as previsões, TODOS OS DIAS.

Muito obrigado a todos os que têm contribuído, quer com donativos, quer com partilhas e/ou apoio.