Como previsto na semana passada, esperamos uma estabilização das condições do tempo a partir de dias 23-25, após alguns dias mais frescos e com precipitação fraca e dispersa que temos tido.

Este próximo fim de semana regressará assim o calor, com temperaturas de novo a fazer lembrar pleno Verão.

Não excluímos totalmente que se voltem a atingir valores perto dos recordes mensais para Maio, ou seja, entre 35 e 40ºC, mas ainda existe alguma incerteza entre os principais cenários modelados, com discrepâncias ainda assinaláveis na escala regional.

Esperamos que o fluxo de leste traga algum aporte de poeiras e polenes, com degradação da qualidade do ar, mas não esperamos intrusão de poeiras/ar com origem no Norte de África significativos, devido ao facto deste se manter mais a sul, e da massa de ar sobre a Península ter uma influência de ar proveniente quer do Atlântico quer do Mediterrâneo.

As condições no entanto serão algo preocupantes no que toca ao risco de incêndio, com alguns modelos a sugerirem fluxo intenso de leste nas terras altas do Norte e Centro, o que é sempre problemático.

Fora isto, será um fim de semana para muita gente desfrutar da praia… o que é pena é que estas flutuações térmicas sejam tão más para a agricultura..

A mais longo prazo, estamos atentos à possibilidade de um regime mais instável algures entre o início e meados de Junho (dias 5-15), que poderá trazer trovoadas e chuva.