Este Domingo será caracterizado pela presença de uma massa de ar relativamente quente sobre o território, com fluxo do quadrante norte.
Durante a tarde uma perturbação em altitude deverá ganhar força sobre Espanha, tornando a atmosfera mais instável em Portugal continental.

Esperamos assim que se desenvolvam alguns aguaceiros e trovoadas em especial junto ás áreas montanhosas e nas proximidades da frente de brisa marítima, que durante a  tarde vai avançar do litoral oeste para o interior.

As condições dinâmicas e termodinâmicas são favoráveis à ocorrência de trovoadas com ciclos de vida longos capazes de produzir rajadas localmente significativas, não sendo de descartar algum fenómeno de vento mais extremo com as células que se desenvolverem junto da frente de brisa marítima, onde o fluxo é potenciado e há maximização de vorticidade/helicidade.

Alem disto, também é de esperar queda de precipitação intensa e sob forma de granizo.