6. Conscientização dos resultados eleitorais

Na esteira da vitória de Trump, a maioria dos americanos é capaz de identificar corretamente qual candidato ganhou a maioria dos votos do Colégio Eleitoral, a maioria dos votos individuais em todo o país e a maioria dos votos no estado em que vivem.


Cerca de oito em cada dez (78%) identificam corretamente Trump como o candidato que recebeu a maioria dos votos do Colégio Eleitoral. A maioria também identifica corretamente Hillary Clinton (72%) como a candidata que obteve o maior número de votos individuais em todo o país. Uma maioria ligeiramente maior (84%) consegue identificar corretamente o candidato que recebeu mais votos no estado em que vive. Juntos, 58% do público respondem corretamente a todas as três perguntas e podem nomear o candidato que ganhou o Colégio Eleitoral, o voto popular e seu estado de origem.

Após a eleição de 2000 entre George W. Bush e Al Gore, 78% puderam identificar Gore como o candidato que ganhou o voto popular em janeiro de 2001; isso é um pouco maior do que os 72% que identificam Clinton como o vencedor do voto popular na pesquisa atual.

Aqueles que vivem em estados vencidos por Trump e aqueles que vivem em estados vencidos por Clinton têm o mesmo conhecimento sobre qual candidato venceu em seu estado natal. Totalmente 85% dos que vivem atualmente em estados onde Trump venceu corretamente dizem que ele recebeu a maioria dos votos em seu estado; 83% dos que vivem em estados onde Clinton venceu dizem que ela recebeu a maioria dos votos em seu estado.

Há uma divisão partidária significativa no conhecimento de qual candidato ganhou o voto popular. Cerca de oito em cada dez democratas e apoiantes democratas (81%) dizem que Clinton ganhou a maioria dos votos em todo o país, em comparação com uma maioria menor de 68% de republicanos e apoiantes republicanos.


Não há muita lacuna de conhecimento quando se trata da votação do Colégio Eleitoral e da contagem de votos no estado de origem dos entrevistados.



Maiorias comparáveis ​​de republicanos (88%) e democratas (83%) identificam corretamente o candidato que obteve mais votos em seu estado natal. Da mesma forma, a maioria dos republicanos (83%) e democratas (79%) sabem que Trump ganhou a maioria dos votos do Colégio Eleitoral.


Existem diferenças demográficas significativas na parcela que responde a todas as três perguntas dos resultados eleitorais corretamente.

Os homens (62%) têm mais probabilidade do que as mulheres (53%) de saber qual candidato recebeu mais votos em todo o país (Clinton), mais votos no Colégio Eleitoral (Trump) e qual candidato venceu em seu estado.


Cerca de dois terços dos entrevistados brancos (65%) são capazes de responder todas as três perguntas corretamente; apenas cerca de quatro em dez negros (41%) e hispânicos (39%) acertam todas as três perguntas.

Existem grandes diferenças no conhecimento eleitoral por níveis de ensino. Quase nove em cada dez pós-graduados (88%) respondem a todas as três perguntas corretamente, em comparação com 80% dos graduados, 59% daqueles com alguma experiência universitária e 39% daqueles com não mais do que um diploma de ensino médio.

Quase tantos democratas e defensores democratas (63%) quanto republicanos e republicanos (58%) obtêm os direitos das três perguntas sobre os resultados das eleições. Em ambos os partidos, há divisões por ideologia. Entre os democratas, 70% dos liberais respondem a todas as três perguntas corretamente, em comparação com 57% dos que se descrevem como moderados ou conservadores. Entre os republicanos, 62% dos conservadores sabem qual candidato ganhou mais votos no Colégio Eleitoral, o voto popular e seu estado natal, em comparação com 54% dos republicanos moderados e liberais.