As previsões sazonais e de longo prazo, com escala temporal da ordem das semanas e meses, são efectuadas com base em elementos atmosféricos que se comportam a escalas espaciais também bastante grandes, e portanto são meramente indicativas e devem ser atualizadas com a devida frequência.

Padrões de larga escala podem depois revelar particularidades e pequenas variações, que à escala mais pequena de um país como Portugal, se manifestam com resultados muito variáveis, o BestWeather oferece este tipo de previsões, embora seja necessário sermos explícitos no aspecto de que é importante ir sempre atualizando estas tendências.

Esta Primavera os padrões oceânicos e de circulação atmosférica apontam para um cenário bastante diferente da Primavera de 2018.

Esperamos que a maior diferença se note nas temperaturas, com valores bem mais elevados do que o ano passado, e provavelmente acima da média climatológica dos últimos 30 anos.

Esperamos uma maior influência de massas de ar provenientes de sul ou sudoeste, que serão também, episodicamente algo húmidas.

A presença de áreas depressionárias a oeste e a norte do território continental será comum.

A nível da precipitação, as tendências apontam para que ao longo desta Primavera tenha um comportamento normal, podendo ser ligeiramente superior à média em alguns locais, em especial do Norte e Centro.

Fonte da imagem: http://ds.data.jma.go.jp/tcc/tcc/products/clisys/