A Primavera é o período do ano que se encontra entre os 3 meses mais frios e os 3 meses mais quentes do ano.
É esta a definição climatológica de Primavera.

Existem estações solares, astronómicas e climatológicas.
As estações astronómicas são definidas por parâmetros relativos à órbita da terra em torno do sol.
As estações solares são definidas pela variação mensal da quantidade de radiação solar que atinge o hemisfério norte ou sul.
As estações climatológicas são definidas pela variação mensal da temperatura no hemisfério norte ou sul.

Na generalidade do hemisfério norte, os meses mais frios do ano são Dezembro, Janeiro e Fevereiro, e os meses mais quentes são Junho, Julho e Agosto.
Portanto estes dois são respetivamente o Inverno e o Verão climatológico no hemisfério norte.

A Primavera fica assim contida pelos meses de Março, Abril e Maio, e o Outono por Setembro, Outubro e Novembro.

No caso de Portugal, devido à nossa latitude, boa parte do território nacional coloca-se nos subtrópicos, e isto gera alguns diferenças face aquilo que são as estações do ano clássicas nas latitudes temperadas.
Também a nossa posição geográfica, na face ocidental do continente Euro-Asiático, a nossa proximidade com África e a presença do Atlântico, com influência da corrente do Golfo, fazem com que o nosso clima seja um pouco diferente do que é a predominância geral no hemisfério norte.

Os 3 meses mais quentes em Portugal não coincidem plenamente com o Verão Climatológico, e focam-se nos meses de Julho, Agosto e Setembro.
Temos condições de “Verão”, com domínio de massas de ar tropical ou subtropical, durante todo o semestre entre Maio e Outubro.

Os 3 meses mais frios em Portugal já tomam um comportamento mais normal, sendo mesmo Dezembro, Janeiro e Fevereiro, embora partes do território não observem um Inverno biológico (a estação de crescimento vegetativo, que ocorre durante todo o ano por não haverem meses com temperatura média inferior a 6ºC).

Os meses entre Novembro e Abril são os meses mais frescos e chuvosos do ano, mas como muitas áreas do território não possuem um Inverno biológico verdadeiro, é nesta altura do ano que os campos estão mais verdes e que algumas plantas se desenvolvem melhor dada a maior abundância de água.

Os nossos Invernos são assim uma espécie de Primavera misturada com Outono, se formos analisar aos olhos do que se passa nas latitudes temperadas.